Little Shelf

25/09/2014

Sabe quando você se apaixona por uma voz? Pois é. Essa voz podia me acordar no domingo de manhã, podia me fazer ficar sexta a noite em casa, podia me fazer chorar no sábado e rir na segunda. Essa voz tinha o dom de organizar o meu humor e bagunçar a minha vida, ela nunca dizia nada e ainda assim sabia a coisa certa a dizer, entende? Essa voz podia me fazer perder o sono com uma frase, ou até mesmo com a ausência de qualquer frase. Essa voz podia ter meu coração nas mãos. Sabe quando você escuta um "bom dia" e te soa como uma música? É isso! Aquela voz já havia se tornado minha canção favorita, aquela da qual eu precisava ouvir antes de dormir, a voz que em sussurros chegava ao meu coração. Sabe quando você imagina um cheiro? Aliás, sabe quando você respira fundo e sente esse cheiro pela casa? Era assim. Não importava o nome do perfume, não importava a fragrância que ele possuía, tudo tinha aquele cheiro, que era como um abraço, me envolvia e me prendia de um modo que eu não queria sair. Não satisfeita eu me apeguei ao sorriso. Caralho! Como alguém podia ter uma gargalhada que ecoasse pela cabeça e se prendesse ao coração? Entre brigas, entre palavras imprensadas, entre atitudes mal tomadas, o amor estava ali. Eu neguei, até o último momento, mas, quem nunca sorriu pra dizer que estava tudo bem ou chorou jurando que era de alegria? Por várias noites eu dei o nome ao que sentia de capricho, eu disse, inúmeras vezes que já havia passado, mas, sabe por que não passou? Porque bastou uma palavra, um sinal, um único sorriso para eu me lembrar da porra do jeito, do olhar, dos planos, de todas as palavras, do carinho e do culpado de tudo, do amor. Bastou uma frase tola para eu me lembrar de porque o meu coração batia em descompasso e de um modo torto tudo se ajeitou. Eu vi tudo como era antes. As nossas brincadeiras, as nossas conversas, as nossas piadas internas, a gente, sabe? Nós dois. De imediato reconheci o ciúme e, nossa... ele sempre esteve evidente. Sempre fomos muito intensos, muito birrentos, muito nós. Os nossos sentimentos tinham certas tendências para serem desastrosos. Lembro-me de ter falado uma vez: "Vai, vai lá e fala pra ela que a ama. Aproveita também e fala tudo que já me falou um dia.". E você gargalhar e dizer que me ama com a voz mais perfeita e filha da puta do mundo. E de repente eu começava a rir e te chamar de idiota. Era amor, dava pra ver. Porque se um dia eu tivesse que ligar para alguém, não importa o porquê, seria para você. Eu ainda lembro sua voz me chamando de branquinha, lembro do meu coração te precisando todos os dias. Foda essa coisa de lembrar, não é? Você consegue sentir abraços nunca ganhos, cheiros nunca sentidos e beijos nunca dados. Você se pega de olhos fechados, encolhida em meio a mil cobertas e torcendo para aquele urso de pelúcia vire alguém de quem você lembra. O sorriso, a voz, o cabelo, o jeito. Você lembra, simplesmente lembra, o que, na verdade nunca esqueceu.

Autora: Me

Comente com o Facebook:

20 comentários:

  1. Meu Deus.. Será que esse texto foi feito para mim? Me identifiquei muito com esse texto e lembrei de uma pessoa, que você sabe muito bem que é. Não sabia que você tinha o dom para escrever crônicas tão lindas e que tocassem no coração. Parabéns Jessika, você é realmente foda! Conseguiu me deixar arrepiada e surpresa.. Você é maravilhosa.

    Menina Fashion ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei sim, haha. Ce acha que eu tenho dom? Ta ok então né suahsuhasuh.
      Obrigada molier, mas pare agora de exageros, ok? Beijos, neném.

      Excluir
  2. Não tenho palavras, estou sem palavras totalmente. MEU DEUS! Que texto foi esse? Nossa, perfeito, incrivel, me identifiquei muito fewijwj E me senti uma formiguinha com meus textos perto desse, mas não vem o caso, você arrasou, sempre arrasa né? Amei, amei e amei <3

    www.girlsmachine.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para, né Lare? Teus textos são maravilhoso. Eu piro em cada um deles e sempre me emociono, meus textos que não são nada para vista dos teus.

      Excluir
  3. Bem sentimentalista, e tocante. Gostei muito. Eu sou chorona e me emociono fácil, por nada mesmo. Até se eu estiver rindo... lindo.
    http://www.mundodafani.com/

    ResponderExcluir
  4. sem palavras p descrever esse texto. *-* chega tirar a respiração.

    beijo
    www.tudoquemecompleta.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ain, meu deuso. Que coisa mais linda de se ler! Obrigada, meu anjo.

      Excluir
  5. é dom que esse povo tem pra escrita! eu peno só pra escrever o post! ahahahha lindo de verdade!

    http://isabellalessa.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahahaha Eu também peno demais, é por dia que bate a criatividade de escrever algo legal.

      Excluir
  6. Que texto perfeito! Eu simplesmente amei ter lido! Me fez lembrar muita coisa <3 Estou seguindo o blog! Muito inspirador! Miiiil beeeeejus lindona! ♥

    www.doceencontro.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que realmente tenha gostado, beijos!

      Excluir
  7. Nossa que texto simplesmente APAIXONANTE! Eu estou sentindo tudo isso que você descreveu, esse texto fez meu coração acelerar, pensando na pessoa dona da voz que me faz esquecer o mundo lá fora. :'( Parabéns pelo texto lindo. ><

    www.nahboa.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eitcha, fico feliz que tenha se identificado, haha.
      Beijos!

      Excluir
  8. Esses textos destroem meu coraçãozinho :( hahaha
    adorei, de verdade <3
    Beijoss
    Blog Luísa Tavares
    Fan Page

    ResponderExcluir
  9. Você escreve muito bem, fez com que de maneira simples e doce, sentirmos tudo aquilo que você está passando. Espero que essa sensação passe logo para que você fique bem ;)
    Valeu a pena esperar

    ResponderExcluir
  10. Está é a primeira vez que estou visitando seu blog e desde já encontro um belo texto como este! Também escrevo textos no meu blog, sendo assim fico muito contente quando encontro tal semelhança em outros blogs! Parabéns! :3

    http://acessopermitidoblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado. Obrigada pelo carinho, beijos.

      Excluir